Porta Aberta pt.1

 

Colossenses 4.3 - 4 - "Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem, a fim de que possamos proclamar o mistério de Cristo, pelo qual estou preso. Orem para que eu possa manifestá-lo abertamente, como me cumpre fazê-lo".

Deus está trabalhando, nós podemos descansar. Nós não precisamos chutar a porta para que ela se abra. 

Quando nós começamos a falar de compartilhar a nossa fé com outros ficamos desconfortáveis. Quando ouvimos a palavra evangelizar, imaginamos que iremos até um estranho e começaremos a falar de coisas estranhas com ele. Existem diferentes maneiras de fazer isso do que ter um folheto ou gritar no microfone, segurando uma placa de papelão no meio da rua.

1. Uma vida incomum: O evangelho mais alto, ou o evangelismo mais impactante que podemos pregar é a vida que nós vivemos. Então e se a nossa vida for o evangelismo mais impactante que uma pessoa vai ouvir? E se o nosso casamento for o evangelismo mais impactante para nossos filhos? E se a maneira como nós tratamos as nossas esposas for o evangelismo mais impactante? E servir outros será o evangelismo mais impactante? E se uma humildade incomum, assumir erros, pedir ajuda, e mesmo reconhecer que alguem faz um trabalho melhor que o seu, for o evangelho mais impactante para os nossos colegas de trabalho?

2. Uma empatia incomum: Empatia é ver a vida com os olhos de outra pessoa, é se colocar no lugar do outro. Entretanto, não conseguimos isso somente ouvindo, mas de fato escutando. Deus enviou Jesus para exercer a empatia e isso não foi para seu próprio benefício, mas para o nosso. Escutar é a melhor ferrramenta para empatia. Se há alguém que sabe exatamente o que vamos dizer antes mesmo de dizer algo, esse alguém é Jesus, e ainda sim ele escuta e espera. Nós achamos que temos a resposta, e então enquanto alguém está compartilhando um problema, já cortamos e queremos dar a resposta. As pessoas estão procurando alguém que as escutem e se importe com eles o suficiente para calar a boca por alguns minutos e somente escutar.

3. Um descanso incomum: Nossa salvação vem pela graça, nós não merecemos e não fizemos nada por isso. O problema de ser uma porta aberta para outros é que quando compartilhamos nossa fé com outras pessoas, falamos e apresentamos de uma maneira como se fosse através das nossas obras, ou até mesmo através de alguma atitude imediata das pessoas. Nós acreditamos que foi Deus que nos salvou e que Ele alinhou tudo para que nós enfim nos rendêssemos a Ele, mas no que diz respeito a outras, pensamos que a salvação delas depende de nós. Deus trabalha nas pessoas pouco a pouco, usa outras pessoas e nunca deixa de trabalhar. Deus se importa com seus filhos ou seus pais mais do que você. Deus se importa com seu marido ou sua esposa mais do que você. Deus ama seus irmãos, seus vizinhos, seus amigos, mais do que você os ama. Não temos que implorar Deus para trabalhar pelas pessoas. Ele está desesperadamente perseguindo todas as pessoas. Deus está trabalhando, nós podemos descansar. Nós não precisamos chutar a porta para que ela se abra, mas agimos com paciência, até que sejamos uma porta aberta para as pessoas.

LUCIO ACKERMANN TINOCO, pastor presidente

igrejainternacionalÁGAPE

NÓS EXISTIMOS PARA LEVAR AS PESSOAS A EXPERIMENTAR E VIVER AMOR DE DEUS

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2018 Igreja Internacional Ágape

Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por AGAPEstudios

igrejainternacionalÁGAPE